"O Miguel Oliveira não tem carta e safa-se muito bem na vida"

"O Miguel Oliveira não tem carta e safa-se muito bem na vida"

Declarações de Rúben Amorim na antevisão ao jogo com o Rio Ave.

O jogo: "Penso que o Sporting se vai apresentar na máxima força, apesar de termos tido alguns casos de covid-19 e que nos obrigaram a mudar algumas coisas. Por sorte tivemos mais um dia para preparar este jogo e vamos defrontar uma equipa com grandes valores e um treinador [Pedro Cunha] que tem grandes ideias. Acredito que o Sporting fará um grande jogo."

All-in no campeonato na ressaca da eliminação da Taça: "Nós fazemos sempre all-in no próximo jogo. Claro que numa competição a eliminar tudo pode acontecer. Não se trata de ter estofo ou não. Por norma somos eficazes e no jogo da Madeira não fomos tão eficazes, podíamos ter resolvido na primeira parte. De uma semana para outra não podemos variar a nossa observação sobre o Sporting."

Inscrito no nível IV, já pode dar indicações no banco: "Não muda muito, alivia um pouco o Emanuel [Ferro] porque é ingrato falar pelo treinador principal. Nas duas competições em que fomos eliminados, foi o Emanuel a dar a cara no fim do jogo: Não é justo, tenho de ser eu a dar a cara. Nesse aspeto fico contente."

Diferenças: ""A principal diferença é isso. Tenho de ser eu a assumir em todos os momentos as nossas derrotas e eliminações. Tenho de ser eu a estar aqui, fico feliz por isso. O Emanuel [Ferro] fez um excelente papel, há que lhe agradecer. É um ponto importante na minha carreira, não vou mentir, porque me deu tantos problemas, mas o foco está claramente no Rio Ave."

"Quem anda a tirar a carta de condução, não está apto para conduzir", disse José Pereira, presidente da ANTF: "O Miguel Oliveira não tem carta e safa-se muito bem na vida."