Um golo quase um ano depois e com um calvário pelo meio: "Houve muito sofrimento"

Um golo quase um ano depois e com um calvário pelo meio: "Houve muito sofrimento"
Nuno Martins Neves

Tópicos

Thiago Santana, avançado do Santa Clara, está de regresso ao melhor momento.

Quase um ano depois, Thiago Santana voltou a festejar um golo, desta feita, a selar a vitória, a primeira da época, em Paços de Ferreira. Foi um momento emotivo para o avançado de 26 anos, que recuperou da lesão grave no joelho direito, sofrida em setembro de 2018.

"O golo significou muita coisa depois ter ficado de fora durante oito meses e meio. Voltar a marcar e dar a vitória foi muito importante, só faltava isso para recuperar de vez", afirmou Santana. Apesar de ter regressado aos jogos na parte final da época passada, Santana já não faturava desde 1 de setembro, quando abriu o marcador na vitória sobre o Boavista (4-2), precisamente o encontro em que saiu lesionado.

Tempos difíceis que o avançado ultrapassou com o apoio da família, principalmente do seu filho, que nasceu uma semana depois de ter sofrido a lesão. "Foi muito difícil: nunca tinha passado por isso e houve muito sofrimento", lembra.

Agora, Santana sente-se "de corpo e alma" no Santa Clara. "Enquanto estiver aqui, honrarei a camisola", realçou, prometendo fazer melhor do que no ano passado e lutar por uma vaga no onze da equipa de João Henriques.