Santa Clara com várias mudanças no plantel no arranque dos trabalhos

Santa Clara com várias mudanças no plantel no arranque dos trabalhos
Redação com Lusa

Tópicos

No arranque da época do conjunto da ilha de São Miguel, os dias de hoje e de sexta-feira vão servir para os habituais testes médicos, sendo que o treino de campo está marcado para a próxima segunda-feira

O Santa Clara começou hoje a temporada 2022/23 com os habituais exames médicos, ficando patente as várias mudanças no plantel dos açorianos, que vão partir para a quinta época consecutiva na Liga Bwin.

No arranque da época do conjunto da ilha de São Miguel, os dias de hoje e de sexta-feira vão servir para os habituais testes médicos, sendo que o treino de campo está marcado para a próxima segunda-feira.

Ausente no primeiro dia de trabalho esteve o médio japonês Morita, uma das figuras em destaque nas últimas épocas do Santa Clara, que tem sido associado ao Sporting.

Já oficializadas estão as saídas do médio Lincoln (que rumou aos turcos do Fenerbahçe, orientados por Jorge Jesus), do defesa-central Mikel Villanueva (para o Vitória de Guimarães) e de Cryzan (para o Shandong Taishan, da China), habituais titulares da equipa na época transata.

Nené, que partiu para os polacos do Jagiellonia Białystok, e Bouldini, que assinou definitivamente pelos espanhóis do Fuenlabrada, aos quais esteve emprestado na última época, também abandonaram o clube.

A saída de vários "elementos importantes" foi reconhecida hoje pelo diretor Clemente Ventura numa entrevista à agência Lusa, na qual reiterou a vontade de construir um "plantel competitivo".

Para a temporada 2022/23, o Santa Clara já assegurou três reforços, todos provenientes de escalões inferiores do futebol português.

A formação insular assegurou a transferência do lateral Tomás Domingos (proveniente do Mafra), do médio Martim Maia (ex-Amora) e do guarda-redes Ricardo Silva (oriundo do FC Porto B).

Os açorianos renovaram ainda os contratos do médio Ruben Oliveira e do central João Afonso.

O Santa Clara vai continuar a ser orientado por Mário Silva, que chegou aos Açores em janeiro de 2022 (tornando-se então o quarto treinador da época), que levou a equipa ao sétimo lugar no campeonato.

Plantel provisório do Santa Clara para 2022/23:

Guarda-redes: Marco, Ricardo Fernandes e Ricardo Silva (ex-FC Porto B).

Defesas: Boateng, Tassano, Paulo Henrique, João Afonso, Tomás Domingos (ex-Mafra), Mansur e Sagna.

Médios: Rúben Oliveira, Martim Maia (ex-Amora), Anderson Carvalho, Patrick, Júlio Romão, Costinha, Ricardinho e Mohebi.

Avançados: Allano, Tagawa, Óscar Barreto e Rui Costa.