Daniel Ramos: "Devíamos ter sido mais agressivos, marcado mais..."

Daniel Ramos: "Devíamos ter sido mais agressivos, marcado mais..."

Treinador do Santa Clara considerou que a vantagem sbore o Ljubljana peca por escasso e admitiu desagrado por alguma passividade na segunda parte. Cansaço a gerir antes da estreia na I Liga

Resultado: "Parece-me curto pelo que produzimos. O desfecho deveria ser mais favorável. Queríamos seguir em frente, com uma vitória, não sofremos golos novamente, o que é bom indicador. Podíamos ter marcado mais e era ajustado. Dava mais segurança. Fiquei contente com uma boa primeira parte, uma razoável segunda parte, podíamos ter sido mais agressivos na procura do golo, faltou clarividência, mas estou satisfeito. A equipa fez uma boa prestação."

"Chegamos muitas vezes ao último terço, mas faltou objetividade. Quer por cruzamentos, por remates fora área ou por combinações, devíamos ter sido mais agressivos e houve muitas oportunidades para tal. A equipa limitou-se a ter a bola, sem ser agressiva no ataque à baliza. É um aspeto que não me agradou tanto. Estamos em fase de pré-época é importante que a equipa se identifique com a ideia de jogo. Está a ficar consolidada."

Segunda mão: "Temos uma vantagem que parece razoável. Os golos fora de casa não valem nada, mas demonstrámos que temos equipa para marcar fora, como fizemos na eliminatória anterior. Não no vamos limitar a defender o resultado. Pelo contrário, vamos à procura de fazer o nosso jogo, marcar e não sofrer se possível. Já lá vão quatro jogos sem sofrer, os últimos três jogos da última época também. A equipa está com a ideia de não sofrer, conseguir vitórias e marcar golos.

Deslocação a Tondela: "Será um jogo com pouco tempo de preparação. O calendário assim dita. Vamos trabalhar na recuperação e tomar decisões muito em cima do jogo com o Tondela. É normal que se acuse cansaço com menos de 72 horas de descanso, mas vamos gerir e treinar para que a equipa se sinta o mais confortável possível na primeira jornada."