"Parece que estou a jogar um campeonato diferente de domingo para domingo"

"Parece que estou a jogar um campeonato diferente de domingo para domingo"

Daniel Ramos, treinador do Santa Clara, analisa a derrota caseira frente ao Sporting, por 1-2.

Marco mal no segundo golo do Sporting: "Há jogos e jogos, mas não ha culpados. O culpado sou eu quando as coisas não correm bem. O erro faz parte do jogo. Quando perdemos, perdemos todos, quando ganhamos, ganhamos todos".

Segunda parte diferente: "Com 1-1 ao intervalo, modificámos, melhorou, posicionámo-nos melhor. Jogo não tão bonito, quantidade de ocasiões reduziu-se, mas esteve mais organizado. Perdemos menos bola, foi uma pena o golo que sofremos de forma ingrata, tínhamos possibilidade de termos conquistado pelo menos um ponto. Pela forma como controlámos, o Sporting teve bola mas não criou grandes oportunidades. Estamos tristes, o minuto 80 não foi bom para nós. Tentámos ainda reagir mas acabamos por não conseguir o que queríamos".

Reparo à arbitragem: "Fazer um reparo importante que me entristece. Às vezes parece que estou a jogar um campeonato diferente de domingo para domingo. Digo isto com todo o sentimento. Hoje um critério largo, pouquíssimas faltas, outros jogos, faltas, faltas faltas. Depois de um critério tão largo, excessivo até, na segunda parte tinha um jogador isolado, [pararam-no] numa mini falta..."

Troca mais acesa de palavras: "Momentos mais quentes que são precisos no futebol, tudo tranquilo, nada de mais".