Taremi lançou iniciativa para oferecer 80 mil máscaras ao Irão

Taremi lançou iniciativa para oferecer 80 mil máscaras ao Irão

Mehdi Taremi avançado do Rio Ave, acompanha as notícias do Irão, seu país natal, à distância e uniu esforços para tentar ajudar a população a combater a pandemia.

O Irão regista 2234 mortes e 29046 casos de pessoas infetadas com a covid-19. É um dos países mais afetados do mundo e a situação é muito delicada. À distância, Mehdi Taremi, avançado do Rio Ave, procurou ajudar a população da sua cidade iniciando uma campanha de produção de máscaras.

O iraniano convidou algumas pessoas para se juntarem a causa e, até o momento, já entregou 20 mil máscaras. O objetivo, no entanto, é produzir 80 mil e entregar nas próximas semanas na cidade de Bushehr.

"Nestes dias em casa, e ao acompanhar pelas notícias o que se passava também no Irão, decidi começar uma campanha há duas semanas, convidando algumas pessoas para se juntarem a mim, no sentido de ajudarmos a aumentar a produção de máscaras nos locais onde mais precisam delas, com o objetivo de combater a pandemia", revelou o goleador em declarações reproduzidas pelo site dos vilacondenses.

"Temos já oito espaços de apoio a doentes infetados com o novo coronavírus, devidamente equipados, e que vão estar à disposição da população. Além disso, garantimos a distribuição de vinte mil máscaras de proteção, por semana, durante um mês, em Bushehr, minha cidade natal e aldeias vizinhas", acrescentou.

Taremi está a cumprir o período de isolamento em Portugal e tem cumprido os planos de treino definidos pelo Rio Ave. Nos tempos livres, aproveita para "ver filmes", "jogar online com amigos" ou "aprender a cozinhar".

A família está bem e as saudades vão-se matando através das redes sociais: "Mesmo que não possamos estar fisicamente juntos existem sempre as redes sociais. É importante estarmos conectados com a família, mesmo que à distância, e saber como eles estão", finalizou.