Rio Ave procura treinador e Nuno Campos entra na corrida

Rio Ave procura treinador e Nuno Campos entra na corrida
André Veloso Gomes

Tópicos

O braço direito de Paulo Fonseca é visto como uma boa solução para assumir uma nova fase do emblema da caravela, mesmo não tendo ainda experiência na carreira como técnico principal

Nuno Campos, adjunto de Paulo Fonseca na Roma, está entre o lote de treinadores que pode assumir o comando técnico do Rio Ave, juntando-se aos nomes de João Henriques e Ricardo Sá Pinto para substituir Carlos Carvalhal no cargo de treinador do emblema vila-condense.

Apesar de estar neste momento a trabalhar num projeto aliciante e num dos grandes clubes italianos, o desafio de assumir uma equipa como principal, pela primeira vez na carreira, aos 45 anos, é igualmente apetecível para um treinador que tem sido o braço direito de Paulo Fonseca em todos os clubes.

Começaram juntos nos sub-19 do Estrela da Amadora, seguindo-se experiências no 1.º Dezembro, Odivelas, Pinhalnovense, Aves, Paços de Ferreira, FC Porto, Braga e Shakhtar Donetsk, clube ucraniano onde esteve três anos até se transferir esta época para Roma.

A participação do Rio Ave na Liga Europa, ainda que tenha que ultrapassar três adversários para chegar à fase de grupos, não terá necessariamente muito peso na escolha do treinador, até porque, para além do ajunto da Roma, João Henriques, ex-treinador do Santa Clara, outro nome forte para assumir o Rio Ave, não tem experiência a esse nível.

Nesse aspeto, Ricardo Sá Pinto já apresenta alguma bagagem, destacando-se o trabalho realizado na última época, ao serviço do Braga, onde atingiu os 16 avos de final da Liga Europa, assim como a caminhada feita no comando do Sporting, em 2011/2012, quando eliminou o Manchester City e apenas caiu, nas meias-finais, frente aos espanhóis do Athletic Bilbao.

Seja qual for a escolha do Rio Ave, é certo que o processo não passa desta semana, contando com a urgência de preparar a próxima época, cujo arranque dos trabalhos está agendado para 17 de agosto.