"O Rio Ave não está habituado a estar nestas posições mais baixas"

"O Rio Ave não está habituado a estar nestas posições mais baixas"

Daniel Ramos, treinador do Rio Ave, falou numa "vitória saborosa" em casa do Nacional e destacou Ronan.

Análise ao jogo: "Foi um jogo difícil e uma vitória sofrida. Nesta ponta final e isso vai acontecer em vários jogos e com várias equipas, em que há muita pressão. O Rio Ave não está habituado a estar nestas posições mais baixas e é natural em que haja momentos onde a equipa não esteja tão competente como aquilo que é normal. Em alguns momentos, isso aconteceu hoje no jogo. A primeira parte de maior controlo, mais dividida, onde o Ronan acabou por marcar. É um prémio para quem durante dois anos andou a sofrer com lesões. É um miúdo que tem tentado evoluir e ganhar o seu espaço na equipa. Hoje conseguiu um golo que ajudou a dar três pontos à equipa. Na segunda parte ficamos mais baixos do que aquilo que devíamos, com mérito do Nacional que através de um estilo de jogo mais direto, obrigou-nos a baixar as linhas. Ganharam mais segundas bolas e tiveram mais capacidade de estar em cima da nossa baliza. Fomos tentando defender da melhor forma, respondendo em contra-ataques, onde muitos não sairão como deveriam".

Estabilidade: "No cômputo geral foi uma vitória saborosa, porque dá-nos pontos para podermos ser mais estáveis e confiantes no futuro. O Nacional obrigou-nos a suar muito. Temos a convicção que cada jogo será de extrema dificuldade para todas as equipas, até ao fim do campeonato. É importante que a equipa tenha o máximo de estabilidade. Temos tido que mexer na equipa de uma forma sistemática. Temos mais jogadores disponíveis e um todo mais capaz. Vamos procurar na pausa melhorar e corrigir mais alguns aspetos".