Miguel Cardoso fala do Chaves e do futuro: "Tenho contrato para a próxima época"

Miguel Cardoso fala do Chaves e do futuro: "Tenho contrato para a próxima época"

Treinador do Rio Ave considera que o jogo de domingo, frente ao Chaves, da 32.ª jornada da I Liga, "é importante, mas não decisivo".

O treinador do Rio Ave considera que o jogo de domingo, frente ao Chaves, da 32.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, "é importante, mas não decisivo" na luta pelo quinto lugar. "É um jogo importante, pela luta pelo quinto lugar, mas não decisivo. O Rio Ave deve a si próprio a possibilidade de estar a discutir, até ao final do campeonato, esta posição, fruto do bom trabalho dos jogadores", afirmou Miguel Cardoso.

Para esta receção aos transmontanos, o técnico antecipou "um jogo que ambas as equipas vão querer ganhar", reconhecendo a qualidade do adversário. "A ambição do Chaves, assim com a nossa, foi clara ao longo da época. Quando se chega a este ponto da temporada, não há que virar a cara aos desafios, mas sim encará-los como uma coisa boa e com responsabilidade", analisou.

A formação vila-condense tem tido uma segunda volta do campeonato mais irregular, não vencendo há três jornadas consecutivas (um empate e duas derrotas), algo que o treinador do Rio Ave não quer que seja visto com lamento. "Podíamos ter feito mais alguns pontos em determinadas ocasiões, mas tal tem, também, a ver com a comparação que fazemos com outras ocasiões em que pontuámos com mais regularidade. O mais importante é não lamentar o que não conseguimos, mas sim manter a concentração no desafio seguinte", sublinhou.

À margem deste jogo com o Chaves, Miguel Cardoso comentou, ainda, algumas notícias que dão conta da sua saída de Vila do Conde no final desta época, preferindo desvalorizar. "Tenho contrato com o Rio Ave por mais uma época e não estou preocupado com o que se diz na imprensa. A próxima época já está a ser preparada e o meu foco está no crescimento da equipa, na discussão dos nove pontos que faltam e em fazer melhor até ao final desta época", assumiu.

Tal como habitualmente, Miguel Cardoso não vai divulgar a lista de convocados, mas tem o plantel na máxima força, até porque o defesa central brasileiro Marcelo regressa às opções depois de ter cumprido um jogo de castigo jornada anterior.

O Rio Ave, quinto classificado, com 44 pontos, recebe no domingo o Desportivo de Chaves, sétimo, com 41, numa partida agendada para as 16h00.