José Gomes não aprofunda sobre Coentrão, mas faz balanço do mercado

José Gomes não aprofunda sobre Coentrão, mas faz balanço do mercado

O Rio Ave recebe o Portimonense no domingo

O treinador do Rio Ave, José Gomes, assumiu estar "satisfeito" com o plantel que tem à disposição para a I Liga portuguesa de futebol, considerando que o fecho do 'mercado' veio "trazer serenidade" ao grupo.

O técnico dos vila-condenses não quis aprofundar a questão da surpreendente contratação de Fábio Coentrão, mas analisou que, "de uma forma geral, o Rio Ave se preparou bem mediante as suas possibilidades".

"Estou satisfeito, temos um bom plantel para abraçar o desafio desta época. Agora que o mercado está fechado, tudo vai serenar e melhorar. Os jogadores que estão no departamento médico também vão começar a regressar e estamos no bom caminho", disse José Gomes.

O treinador do emblema da foz do Ave analisou a questão das contratações durante a antevisão à receção ao Portimonense, no domingo, da quarta jornada do campeonato, admitindo esperar um "adversário forte".

"O Portimonense tem uma excelente equipa, manteve grande parte da estrutura da época passada, em que fez uma boa carreira, tem jogadores de grande qualidade, já o defrontámos na Taça da Liga, em que os vencemos, mas em que tivemos momentos de dificuldade. Estamos à espera desse Portimonense forte", referiu.

Apesar de alguma inconstância nos resultados neste arranque de temporada, o técnico afirmou que "a equipa está a melhorar", admitindo que uma vitória neste jogo "é fundamental" para aumentar a confiança.

"Temos vindo a mostrar mais consistência e um futebol mais próximo do que podemos fazer. Procuramos, agora, prolongar essa consistência para sermos mais fortes" apontou o treinador.

José Gomes abordou ainda a questão da extensa vaga de lesões que tem limitado a equipa e que o impede de ter à disposição, atualmente, sete jogadores do plantel: Murilo, Nuno Santos, Ronan, Joca, Makaridze, Nélson Monte e Nadjack, a que se juntam Diego Lopes e Afonso Figueiredo, ambos ainda com limitações.

"Está tudo controlado e não fazemos dramas. A única que foi lesão muscular foi a do Diego [Lopes]. Todas as outras foram traumatismos. Mas os jogadores já estão a regressar", frisou.

O Rio Ave, que ocupa o oitavo lugar da classificação, com quatro pontos, recebe o Portimonense, 18.º e último com um ponto, no domingo, a partir das 16h00.