Em Vila do Conde luta-se contra o racismo

Em Vila do Conde luta-se contra o racismo

Rio Ave divulgou um vídeo contra o racismo. "Aqui não contam cores", explica o clube, que tem 13 nacionalidades diferentes no plantel.

O Rio Ave decidiu entrar na luta contra o racismo e publicou um vídeo nesse sentido. Na rede social Facebook, o clube explicou a iniciativa.

"O Rio Ave FC tem 13 nacionalidades no seu plantel principal: Portugal, Angola, Brasil, Espanha, França, Holanda, Bielorrússia, Egipto, Senegal, Liberia, Gana, Nigéria e Venezuela. Numa altura em que se volta, infelizmente, a falar do racismo no futebol europeu, com os exemplos mais vergonhosos a surgirem para espanto e repudio de tantos apaixonados da modalidade, queremos passar uma simples mensagem, que não é nova, mas que também nunca será por demais repetida o suficiente.

Dizer não ao racismo tem de ser recordado tantas as vezes quantas alguém é assolado por essa desprezível ideologia... o racismo.

Aqui não contam as cores, não importa a raça ou a crença religiosa. Aqui conta a paixão pelo futebol.

Realizamos esta iniciativa para para alertar todos os nossos adeptos, os adeptos de outros clubes... todos os apaixonados pelo desporto, porque no desporto, no futebol não há lugar para o Racismo. Assumimos esta paixão, este desafio... com a coragem de sempre!", escreveu.