Costinha em entrevista: "O treinador não nos transmite nada para perder tempo"

Costinha em entrevista: "O treinador não nos transmite nada para perder tempo"

Uma das figuras do Rio Ave concedeu uma entrevista a O JOGO e falou sobre o tempo útil de jogo.

No final do jogo, polémico, com o FC Porto, Luís Freire garantiu que o Rio Ave seria sempre uma das equipas com mais tempo útil de jogo. Costinha garante que é esse o ADN do grupo.

"[O treinador] Pede-nos, por exemplo, para lançarmos rapidamente quando a bola sai e para jogarmos. Incute-nos a maneira de jogar dele, com intensidade, não nos transmite nada para perder tempo", conta. "Num momento de jogo, por exemplo, temos de ganhar uma falta estratégica, mas isso faz parte do jogo", acrescenta, apontando o caminho para ultrapassar a questão do tempo útil. "Toda a gente tem de mudar, jogadores, treinadores, árbitros. O que os adeptos gostam é de ver bom futebol, espetáculo, e isso é que dá visibilidade à nossa Liga".