"Acredito que na segunda volta vamos dar muito mais luta ao Sporting"

"Acredito que na segunda volta vamos dar muito mais luta ao Sporting"
Redação com Lusa

Tópicos

Declarações de Luís Freire, treinador do Rio Ave, após a derrota (3-0) em casa do Sporting, na segunda ronda do campeonato.

Análise ao encontro: "Um jogo no qual sabíamos à partida que seria complicado contra um candidato ao título. O desafio era tentar ao máximo condicionar o jogo ao Sporting, mas tentarmos também fazer o nosso jogo com bola. A intenção era descobrir o Joca entre linhas e por vezes ele tinha muito espaço. Conseguimos chegar junto da área do Sporting poucas vezes para o que queremos. Com o 1-0, o Sporting tranquilizou-se mais, conseguiu mais situações até intervalo. Tentámos mostrar aos jogadores que o espaço estava lá - e estava. Na segunda parte, quando o jogo estava em aberto, procurei mexer, queria tentar com mais bola, com mais frequência, mas o golo do Matheus de fora da área acaba por sentenciar o jogo."

Futuro: "Sporting foi justo vencedor, da nossa parte fica a aprendizagem e o crescimento. Sei bem os homens que tenho ali dentro e eles tentaram ao máximo. Acredito que na segunda volta vamos dar muito mais luta ao Sporting. Quem viu o jogo contra o Vizela sabe que fomos a equipa dominadora, o desafio era conseguir fazer isso a espaços, sabíamos que não o iríamos conseguir fazer sempre."

Crescimento: "Temos consciência de que saímos agora da II Liga. É difícil ter estes jogos pela frente, é um crescimento que temos de fazer, a diferença é grande e não há que o esconder, vamos trabalhar toda a semana para o próximo jogo, que é tão importante quanto este. O Sporting tem muitas soluções, não jogar o Paulinho e jogar o Edwards não é uma dor de cabeça, há um campeonato para os primeiros quatro e outro campeonato para os outros. O Sporting manteve tudo o que estávamos à espera, foi mais a dinâmica que se acrescenta do que o que realmente mudou. Quero agradecer aos adeptos do Rio Ave pelo apoio, fizeram-se ouvir e eu agradeço isso."