Vítor Bruno foi expulso no Sporting-FC Porto, mas escapa a suspensão

Vítor Bruno foi expulso no Sporting-FC Porto, mas escapa a suspensão

Adjunto de Sérgio Conceição foi apenas sancionado com uma multa. Rui Cerqueira, assessor de comunicação dos dragões, enfrenta uma suspensão de 30 dias.

Apesar de ter sido expulso no clássico entre FC Porto e Sporting, na primeira meia-final da Taça da Liga, Vítor Bruno não terá de cumprir suspensão e poderá estar no banco de suplentes dos dragões no jogo de segunda-feira com o Farense, referente à 15.ª ronda da I Liga.

O adjunto de Sérgio Conceição foi sancionado com uma multa de 510 euros, segundo o acórdão do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Já Rui Cerqueira, assessor de comunicação, terá de cumprir um período de suspensão de 30 dias e está a contas com uma coima de 5100 euros "por lesão da honra e reputação", conforme está descrito no relatório do árbitro João Pinheiro, aquando da contestação de um lance em que o FC Porto pediu o segundo cartão amarelo para Palhinha, médio do Sporting.