Premium Uribe conta tudo: "Senti dores no início, perto do fim já estava a mancar"

Uribe conta tudo: "Senti dores no início, perto do fim já estava a mancar"
Pedro Marques Costa

Tópicos

ENTREVISTA, PARTE II - Médio teve receio de nem sequer ir a jogo, mas conseguiu e, com esforço, aguentou. A recompensa "cheia de significado" chegou no final

Marcou o único golo da época no jogo em Braga, da última jornada do campeonato, mas lesionou-se no lance...
-É verdade. Fiquei triste por não ter conseguido festejar o golo, primeiro porque a minha mulher está grávida e queria dedicar-lhe aquele momento e, em segundo, porque foi o meu primeiro golo com a camisola do FC Porto, algo que é sempre marcante e importante para um jogador.

Já tinha marcado um golo antes, com o Belenenses, mas foi invalidado. Sentiu-se frustrado?
-O futebol é assim... Apesar disso, na altura só pensei que estava cada vez mais perto de marcar pela primeira vez.