Taremi: uma análise à época, a camisola de Ronaldo e um elogio a Conceição

Taremi: uma análise à época, a camisola de Ronaldo e um elogio a Conceição

Avançado iraniano recorda a eliminatória com a Juventus num olhar à temporada de estreia no FC Porto.

Mehdi Taremi, avançado do FC Porto, concedeu uma entrevista à publicação "Mehr" do Irão, numa conversa onde abordou a temporada ao serviço dos dragões e alguns episódios que marcaram 2020/21. Entre eles, claro está, o duelo com a Juventus nos oitavos de final da Champions e a camisola de Ronaldo.

"Depois do jogo o Ronaldo estava chateado. O Pepe disse-me que ele estava triste e não quis pressioná-lo. Disse-me que conseguia arranjar uma da seleção portuguesa. Não a consegui depois do jogo com a Juventus, mas tenho a certeza que Pepe a vai conseguir, só não sei quando", afirmou.

Em Turim, na segunda mão, foi expulso com o segundo amarelo após pontapear a bola depois do apito do árbitro. "O árbitro não queria mostrar-me o cartão, mas Ronaldo e mais seis ou sete jogadores da Juventus pressionaram", lembrou, olhando para o momento como "uma lição".

Autor de 23 golos na temporada de estreia pelo FC Porto, Taremi fez um balanço positivo da aventura no Dragão. "Consegui dar alguma felicidade às pessoas, por pouca que fosse, e isso foi bom. Desde que as pessoas fiquem felizes com os meus golos, assistências e penáltis, eu fico satisfeito. Joguei 45 ou 46 jogos no FC Porto e foi uma época muito, muito boa", observou.

Sobre Sérgio Conceição, Taremi afirmou tratar-se de "um grande treinador", cuja idade lhe permite ter ainda margem de progressão.