Taremi: "Penáltis? Não tenho culpa de chegar primeiro à bola e de sofrer faltas"

Taremi: "Penáltis? Não tenho culpa de chegar primeiro à bola e de sofrer faltas"

Avançado iraniano diz ter sido muito criticado por ser jogador do FC Porto e, em relação aos penáltis, explica que os defesas "têm de ter mais cuidado" na forma como abordam os lances dentro da área.

Mehdi Taremi, avançado do FC Porto, diz ter-se sentido desrespeitado por "pessoas de outros clubes" esta temporada, algo que só acontece porque o iraniano defende as cores dos azuis e brancos, afirma o próprio. Numa entrevista ao Jornal de Notícias, publicada esta quarta-feira, o dianteiro comentou também os penáltis que sofreu este ano - foi alvo de críticas por essa razão - e disse que não tem culpa de "chegar primeira à bola e de sofrer faltas".

"Penso que fiz uma época muito boa. Nunca faltei ao respeito a nenhum adversário nem a ninguém. Mas houve algumas pessoas de outros clubes que me desrespeitaram. Nunca respondi. Penso que só sou criticado porque jogo no FC Porto. Não eram críticas ao Taremi, mas sim ao FC Porto", começou por referir.

Em relação aos penáltis, adiantou: "É a minha forma normal de jogar. Os defesas é que têm de ter mais cuidado na abordagem aos lances. Não tenho culpa de chegar primeiro à bola e de sofrer faltas. Quando acontece falta na área é penálti. Todos os penáltis são analisados pelo VAR. A responsabilidade não é minha. O árbitro assinalou e o VAR nunca contrariou."

Os dragões foram campeões esta temporada, carimbando o título no Estádio da Luz, casa do rival Benfica, e Taremi disse que foi "fantástico": "Não podia haver melhor local para fazê-lo e foi fantástico. Ganhar ao Benfica, no estádio deles, foi mais uma prova de que somos a melhor equipa."