Premium "Somos o grupo que está mais próximo da base da nação portista"

"Somos o grupo que está mais próximo da base da nação portista"
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

ENTREVISTA (Parte 2) - Elementos da lista são "sócios de bancada" e querem ser a voz do adepto no CS, cujo papel não veem a ser cumprido. "No limite, podemos pensar que os estatutos não têm sido respeitados", afirmam.

Candidatos ao CS consideram que a independência lhes dará maior eficácia no desempenho das respetivas funções.

O debate tem-se centrado nas eleições para a Direção. O CS tem sido esquecido?