"Soares? Prefiro ter dúvidas do que não as ter"

"Soares? Prefiro ter dúvidas do que não as ter"

Sérgio Conceição falou sobre as dúvidas para a frente de ataque e as declarações sobre espetacularidade proferidas no fim do embate frente ao Young Boys.

Dúvidas sobre quem joga no ataque aumentaram? "As dúvidas existem sempre no nosso dia a dia. Nós treinadores temos muitas certezas, algumas dúvidas, e quando existem essas dúvidas positivas, quando vários jogadores podem jogar, são boas dúvidas. Também é demonstrativo do que é a competitividade dentro do plantel. Prefiro ter essas dúvidas do que não as ter e perceber à partida quem vai jogar".

Declaração sobre espetacularidade no fim do jogo frente ao Young Boys, que o FC Porto ganhou 2-1: "Digo de uma forma mais básica, não me quero alongar muito, se olharmos para o segundo golo do Soares é espetacular, o primeiro também, pelos jogadores que entram, o equilíbrio, se por acaso tivéssemos perdido a bola. Isso para mim é espetacular. Quando digo não ser espetacular é não criar 15 ocasiões, marcar cinco ou seis golos, mas é muito difícil porque as equipas trabalham bem, têm bons jogadores, é normal que nos criem dificuldades.

Tive jogos verdadeiramente espetaculares em termos de golos e tive jogos espetaculares que ganhámos pela margem mínima, depende da espetacularidade de que se está a falar. Eu posso ver as nuances táticas e outros adeptos que não olhem tanto a isso mas olham ao resultado dizem "isto foi uma aflição dos diabos". Mas o adversário chegou uma ou duas vezes à baliza, nós tivemos cinco ou seis. O controlo de jogo é outra forma de ver o jogo de forma espetacular. Se calhar para mim é mais fácil dizer que não fomos espetaculares, mas não entrar em detalhes. No fim, no balneário, disse aos jogadores que estava muito satisfeito com eles. E estava, sou sincero com eles. Porque sei a dificuldade do jogo, equipa muito difícil, Portimonense também cria muitas dificuldades.

No fim estamos a fazer analise e se calhar não é espetacular, até porque o resultado foi 2-1 e somos o FC Porto e estávamos a defrontar o Young Boys, que não é um colosso europeu. Mas para mim o vice-campeão da Suíça também tem qualidade."