Exclusivo Sérgio Oliveira: um "sniper" de nota onze no FC Porto pós-Hulk

Sérgio Oliveira: um "sniper" de nota onze no FC Porto pós-Hulk
André Morais

Tópicos

Há muitos anos que o FC Porto não tem referência a este nível nem atiradores de longa distância. Sérgio marca mais de 50 por cento das vezes desta forma. E quando acerta com a baliza, é vitória pela certa.

O golo de Sérgio Oliveira ao Krasnodar reabriu a discussão de um tema antigo: o défice de marcadores de livres diretos no FC Porto e, também por arrasto, uma meia/longa distância que há muito reclama melhores atiradores no Dragão.

Sérgio é um especialista. O de quarta-feira foi "apenas" o terceiro pela equipa principal desta forma, mas a verdade é que no pós-Hulk (2011/12) ninguém fez melhor.