Sérgio Conceição: um episódio do filho no Benfica e garantia sobre Scolari

Sérgio Conceição: um episódio do filho no Benfica e garantia sobre Scolari

Treinador do FC Porto concedeu entrevista ao Expresso e assegura: "Scolari não é certamente um dos meus quatro ou cinco amigos, nem um dos meus conhecidos pelo qual tenho carinho".

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, falou ao Expresso e recordou a forma como, enquanto jogador, deixou de contar para a Seleção Nacional, sob o comando técnico de Luiz Felipe Scolari, ainda antes do Euro'2004.

"[Scolaro] Disse que era muito rigoroso - ou melhor, queria parecer rigoroso. Porque esse rigor de que ele falava não era acompanhado na prática. Como? Horários, jantares, enfim. Eu acho que ele teve alguma dificuldade em lidar comigo. Dizem-me que se tentou informar, e bem, sobre os jogadores mais velhos. Não sei o que lhe disseram de mim, mas deixei de contar quando ele operou a tal renovação. Quem lhe disse? Não sei, talvez quem tenha ido de férias para o Brasil com ele. Scolari não é certamente um dos meus quatro ou cinco amigos, nem um dos meus conhecidos pelo qual tenho carinho", atirou Conceição, lembrando ainda um episódio "desagradável" do filho Rodrigo, enquanto este representava as camadas jovens do Benfica:

"Houve um ou outro episódio complicado, que envolveu um treinador do Benfica - não é a estrutura, atenção,
foi um dos elementos. O meu filho não me contava muito do que se passava lá dentro, mas foi específico nesta história: nós, FC Porto, jogámos com uma equipa e houve um jogador que nos marcou um golo e esse treinador do Benfica começou a chamar o meu filho pelo nome desse tal jogador. Acho que é extremamente desagradável. Como é que eu reagi? Contei até dez. Falei com um ou outro elemento da estrutura do Benfica, um deles o Rui Costa", explicou Sérgio Conceição. Rodrigo, de 20 anos, atua agora na equipa B do FC Porto.