Sérgio Conceição: "O que me motiva é a paixão que tenho pelo futebol e, principalmente, pelo FC Porto"

Sérgio Conceição: "O que me motiva é a paixão que tenho pelo futebol e, principalmente, pelo FC Porto"

Declarações de Sérgio Conceição no dia em que o treinador do FC Porto foi homenageado pela Comissão de Apoio à Recandidatura de Pinto da Costa

Motivação para continuar: "É simples: disse há bocado que tinha aqui um grupo de sócios que tem um passado incrível neste clube de dedicação e paixão e é exatamente isso. O que me motiva é a paixão que tenho pelo futebol e, principalmente, pelo FC Porto. Além do que faço e que gosto de fazer, que é ser treinador e estar dentro do futebol, treino o clube do meu coração. Não há nada melhor do que isso".

Igualar e ultrapassar os oito títulos de Artur Jorge: "São números interessantes, que podiam ser de outra dimensão, mas olhamos para o trabalho feito na globalidade. Ou seja, não só os títulos. Entrei no clube numa situação muito difícil em termos financeiros, promovermos alguns jovens jogadores, o clube estabilizOU financeiramente e, depois, claramente, o que eu e toda a gente gosta e quer são esses títulos. Vocês frisam bastante os recordes que vamos batendo, mas não fico nada feliz chegar ao final do ano e não conquistar títulos".

Sente que está na história do FC Porto: "Todas as pessoas que passam aqui têm o seu nome gravado, porque trabalham dentro do clube. Uns têm a felicidade de trabalhar mais tempo, como eu - tenho de agradecer ao nosso presidente - e conseguir ganhar. Aprecio a história, o passado, o museu - temos um lindíssimo, talvez o mais bonito do Mundo -, mas trabalho muito no que é o dia de hoje, neste caso, o de amanhã, o próximo treino, jogo e vitória".