Sérgio Conceição: "Não era nenhum escândalo se tivesse acabado empatado"

Sérgio Conceição: "Não era nenhum escândalo se tivesse acabado empatado"

Treinador do FC Porto enalteceu a prestação do Santa Clara no Estádio do Dragão, este sábado, apesar da derrota dos açorianos por 2-1, graças a um golo de Toni Martínez aos 95 minutos de jogo.

Sobre a exibição do FC Porto e a vitória "na raça": "Temos de olhar para o contexto deste jogo. Trabalhámos com oito jogadores durante duas semanas. Temos que olhar para aquilo que foram os treinos de muitos deles, um ou dois treinos de recuperação, só. São jogos difíceis, pós-seleções, é muito difícil. Isso não é desculpa para nada, fizemos o importante, que era ganhar o jogo. Há que dar mérito a uma equipa bem consistente do nosso campeonato, que se conhece muito bem, estão tranquilos na tabela. Parabéns ao Daniel Ramos e ao Santa Clara pelo jogo que fez aqui. Depois de uma primeira parte equilibrada, na segunda parte tivemos quatro ou cinco ocasiões claras de golo. Não invalida o que o Santa Clara fez de bom. Não era nenhum escândalo se acabasse empatado, o jogo. Por aquilo que foi a dinâmica de jogo, acho que até seria mais justo. Na segunda parte, o Santa Clara não criou grandes problemas, mas nós fizemos o mais importante, que era ganhar."

Jogadores lançados na segunda parte: "Essa variabilidade [de sistema] dá coisas diferentes ao jogo, lançando jogadores mais refinados em termos técnicos, mais difíceis de parar no um para um. Optei por voltar aos dois avançados [Toni Martínez e Evanilson]. Meti o Fábio Vieira à esquerda porque sei que tem qualidade de passe e de cruzamento acima da média. É merecido pelas oportunidades claras que tivemos, mas há que salientar a boa prestação do Santa Clara."