Sérgio Conceição: "Houve muitas pessoas, até de dentro, que meteram a viola no saco"

Sérgio Conceição: "Houve muitas pessoas, até de dentro, que meteram a viola no saco"

Declarações de Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, após o triunfo por 2-1 sobre o Atlético de Madrid e apuramento para os "oitavos" da Champions no primeiro lugar do grupo B.

Apuramento no primeiro lugar. Balanço: "Estamos muito felizes de conseguir o apuramento, houve muitas pessoas até de dentro que meteram a viola no saco, como se costuma dizer. Estamos nos oitavos com o primeiro lugar garantido, é fantástico. Mérito dos jogadores. Vou dar um exemplo. Nós preparámos o jogo onde o nosso início de construção era dos centrais para o Diogo, porque ele define como ninguém, tivemos a particularidade de trabalhar, não muito no campo, mas passámos a mensagem ao Zaidu não pode ligar dentro, e praticamente os golos surgiram do Zaidu, que é tão criticado porque tecnicamente não é o jogador como tantos acham que tinha de ser, mas tem outras coisas que são fantásticas. Se tivesse isso tudo, se calhar estava no melhor clube do mundo, que eu acho que é o nosso, o FC Porto, mas em termos financeiros ou em termos daquilo que é a capacidade financeira não o é. O momento do jogo não é o Galeno a dar a bola ao Eustáquio, mas sim como surgiu o golo, e tem a ver com a técnica apurada que o Zaidu vai tendo e melhorando."