Sérgio Conceição: "Estar, por si só, no FC Porto não vale de nada..."

Sérgio Conceição: "Estar, por si só, no FC Porto não vale de nada..."

Treinador do FC Porto em entrevista à revista Dragões

Sérgio Conceição, falou sobre o seu "portismo", em entrevista concedida à revista Dragões. Quando questionado sobre se o treinador é, só por si, um "portador e transmissor" dessa 'característica', o técnico afirmou que mais importante do que transportar, é demonstrar.

"Acima de tudo, procuro transmitir a paixão que tenho pelo meu trabalho e pelos valores do clube. Estar, por si só, no FC Porto não vale de nada, se essa presença não for acompanhada pelo que é verdadeiramente importante, que é demonstrar diariamente, e em conjunto com a minha equipa técnica, toda essa paixão e determinação", disse o comandante da formação portista, para depois apontar o ambiente que se vive quando o FC Porto não vence como algo que diferencia o emblema azul e branco de outros clubes por onde passou - Académica, Vitória de Guimarães, Braga, Lázio, Inter e PAOK.

"Quando nós empatamos um jogo - não é quando perdemos um jogo - sentimos o ambiente e a atmosfera que se criam à volta do clube, dos jogadores e da equipa técnica. Isso não deixa de ser também um sinal positivo, porque o FC Porto é um clube histórico com o hábito de vencer. Todos os clubes aqui referidos são grandes clubes, mas nesse sentido penso que o FC Porto estará um pouco acima das outras realidades que encontrei", atirou.