Sérgio Conceição e uma análise ao momento do FC Porto: "Não está tudo mal"

Sérgio Conceição e uma análise ao momento do FC Porto: "Não está tudo mal"

Treinador do FC Porto, em conferência de antevisão ao jogo com Gil Vicente, relativo à 22.ª jornada da Liga NOS, reiterou responsabilidade pela derrota ante o Braga, mas ressalvou os feitos na prova-rainha após assumiu o comando da equipa azul e branca

Eliminação da Taça: "Temos que olhar para o momento, para as dificuldades e para as coisas positivas. Não quero puxar dos galões, não faz parte do que eu sou, mas a verdade é que nestes quatro anos, em 26 jogos da Taça de Portugal, temos 24 vitórias. Atingimos duas finais e meias-finais. Fizemos melhor do que nos seis anos anteriores a mim. Não está tudo mal, há que trabalhar nos erros individuais e coletivos da equipa para fazer bem melhor, o que é difícil pelo que fizemos com o Braga, no próximo jogo. O jogo anterior e demonstrou algumas das fragilidades que temos sentido nesta época, sinceramente, e temos de trabalhar em cima disso, sabendo da responsabilidade de cada um aqui dentro. Como treinador, assumirei sempre a responsabilidade quando as coisas não correrem bem. Sou assim por natureza, estou habituado. Não podemos esquecer o que estes jogadores já fizeram há pouco tempo e nos últimos quatro anos. Custou-me muito ser eliminado da Taça de Portugal, não gosto de perder nem a feijões. Até na Taça da Liga, estivemos presentes na Final Four. Somos muito competitivos mas não podemos esquecer o mérito e qualidade apresentada pelo Braga."