Sérgio Conceição e a distância para a liderança: "Não há nada perdido..."

Sérgio Conceição e a distância para a liderança: "Não há nada perdido..."

Treinador do FC Porto projetou, esta sexta-feira, a visita ao reduto do Gil Vicente, da 22.ª jornada da Liga NOS, e evidenciou que continua a acreditar no escalar da equipa portista até ao primeiro lugar da classificação

Segundo lugar na Liga NOS: "Não olhamos para o segundo lugar. Não é qualquer tipo de prepotência ou arrogância. Olhamos para o primeiro lugar pois é matematicamente possível. Claro que agora temos de ultrapassar o Braga, que é o mais importante. Faz parte da nossa caminhada. Não sei se passarei para o semáforo vermelho do Jornal de Notícias. Muitas vezes não se olha para o trabalho feito, olha-se para os resultados que não traduzem, algumas vezes, o trabalho. A vida é assim, estou neste jogo para ter resultados e aceito isso plenamente."

Crença no título: "Sim, vamos à procura de ganhar amanhã, que é o mais importante. Depois há que pensar no jogo seguinte, que será o da Champions, e ir à procura dos três pontos em cada jogo, no caso o campeonato, o principal objetivo. Não há nada perdido, matematicamente é possível, temos um grupo de jogadores que percebem o que é correr atrás de um rival com alguma distância, compete-nos ter essa força interior e ambição e determinação de ir à procura dos três pontos. Acho que não é uma missão impossível. A partir do momento em que a vitória passou a valer três pontos, acho que é possível. Já vi tanta coisa no futebol, acredito que vamos dar luta, a partir do momento em que nos distanciámos, estou a falar por culpa própria, mas dois nem tanto. Ficámos a uma distância importante no campeonato, temos de correr atrás do prejuízo."