Sérgio Conceição: "Ao fim de três anos, dois campeonatos, Taça e Supertaças. Acho positivo"

Sérgio Conceição: "Ao fim de três anos, dois campeonatos, Taça e Supertaças. Acho positivo"

Treinador do FC Porto fez curto balanço dos anos que leva ao leme dos dragões após a vitória sobre o Gil Vicente, por 2-0.

Em resposta a uma questão sobre a ideia de jogo colocada em prática pelo FC Porto em Barcelos, este sábado, frente ao Gil Vicente (2-0), Sérgio Conceição acabaria por fazer um curto balanço dos mais de três anos e meio que leva ao leme da equipa azul e branca, apontando para os títulos conquistados nesse período.

"A ideia de jogo, de há quatro anos a esta parte, tem sido dentro daquilo que temos feito sempre. Jogámos praticamente nestes quatro anos 80 por cento dos jogos em 4-4-2, com dinâmicas interessantes, variando com determinados jogadoes. Em 4-4-2 pode-se atacar mais por dentro ou por fora, com outras variantes, isso faz parte da estratégia para o jogo. Mas a ideia de jogo, a base, esteve sempre presente desde que estou aqui. Ao fim de três anos, foram dois campeonatos, a Taça e as Supertaças, acho que é positivo. Claro que os adeptos querem ganhar todos os anos em todas as competições, nós tambem queremos, mas há adversários que são fortes e colocam dificuldades", afiançou Sérgio Conceição em conferência de imprensa, condenando ainda as questões que "procuram polémica":

"Normalmente, as perguntas das pessoas em estúdio e estão a comentar são sobre aspetos negativos, em busca da polémica. Sobre a substituição que fiz para anular o que o Ricardo [Soares] também tentou fazer não há nada. É saber se o rival não sei o quê, se a estrelinha não sei que mais... São sobre as oportunidades falhadas, não são sobre as oportunidades marcadas, sobre o que fizemos para bloquear o adversário de hoje. Porque é que isso acontece? Eu respondo às perguntas de forma frontal, mas quem gosta de futebol lá em casa quer ouvir falar de futebol, acho", rematou o treinador do FC Porto.