"Responsabilidade é de toda a gente, não só dos Super Dragões ou do Sérgio Conceição"

"Responsabilidade é de toda a gente, não só dos Super Dragões ou do Sérgio Conceição"

Treinador do FC Porto abordou em conferência de imprensa a deslocação de amanhã a casa do Famalicão

Equilíbrio no jogo e no pós-pandemia: "Esse equilíbrio que falei era sobre o jogo com o Famalicão, precisamos de estar equilibrados para fazer um bom jogo e não sermos surpreendidos. Agora é um mundo novo, há algumas normas de segurança, exigidas, o futebol faz parte de um todo, há os cuidados naturais da DGS, é uma responsabilidade social de toda a gente, não só dos Super Dragões ou do Conceição. Equilíbrio é para as pessoas tentarem controlar, e não é fácil, porque é difícil a nível mundial, tentam salvaguardar a saúde, mas ninguém vai contra isso, espero que não haja exageros e que seja um exemplo positivo e não seja um exemplo para tudo, caindo no exagero."

Cinco substituições e "ambiente limpo": "A grande preocupação é o Famalicão, a equipa deles, mas também jogar num ambiente limpo, as pessoas vão fazer parte do jogo está tudo supercontrolado. Aproveito para dar os parabéns por se terem criado condições para se acabar a liga. Substituições, sou a favor do que permite ao futebol haver mais espetáculo e durante mais tempo, o futebol agora é muito exigente, com muita intensidade, temos é que ver os timings das novas regras. Mas não queria entrar muito nestas politiquices."