"Sei que na próxima época estarei no FC Porto para fazer a pré-temporada"

"Sei que na próxima época estarei no FC Porto para fazer a pré-temporada"

Diogo Queirós reafirma o desejo de vingar na equipa principal do FC Porto.

Cedido pelo FC Porto ao Mouscron, da Bélgica, no último verão, Diogo Queirós reitera a vontade de vingar na equipa principal azul e branca, depois de capitanear a formação de sub-19 que se sagrou campeã europeia em 2018/19.

O defesa-central falou à Antena 1 sobre o desejo de regressar com estatuto renovado ao Dragão e olha para o empréstimo como "um voto de confiança" dado pelo FC Porto.

"O meu objetivo sempre foi poder jogar na equipa principal do FC Porto, este ano vi que ia ser um pouco difícil, que podia não ter tantas oportunidades e nesta fase da minha carreira aceitei um novo desafio, mas sei que no próximo ano [época] estarei no FC Porto para fazer a pré-temporada. Claro que tomo isso como um voto de confiança também do FC Porto, por não me deixar ir assim, sem mais nem menos. Espero aproveitar essa confiança e tentar agarrá-la", começou por referir Queirós, que manifesta satisfação por ver colegas e amigos como Diogo Leite, Romário Baró ou Vítor Ferreira disporem de oportunidades sob as ordens de Sérgio Conceição:

"Somos todos campeões, mas cada um segue o seu trajeto e eles acharam melhor continuar no FC Porto. O facto de eu ter seguido um outro rumo não quer dizer que sinta menos o clube. Senti que era o passo acertado para mim. Fico feliz por terem algumas oportunidades, como também devem estar satisfeitos com o trabalho que estou a fazer aqui [na Bélgica]", acrescentou o defensor, que faz um balanço da experiência no Mouscron, onde já disputou 18 jogos e marcou um golo.

"Na altura do verão, o mercado estava aberto e eu não estava focado apenas na Bélgica, estava à espera de qualquer oportunidade que me aparecesse, em que visse que poderiam apostar em mim. Apareceu o Mouscron, que foi o clube que mais certezas me deu que poderia seguir um caminho feliz. Estou 100 por cento satisfeito com a decisão que tomei", rematou Diogo Queirós, de 21 anos.