"Estou disposto a morrer pelo FC Porto se for preciso"

"Estou disposto a morrer pelo FC Porto se for preciso"
Redação

Tópicos

Médio/extremo de 20 anos falou da fácil integração no plantel dos dragões.

Romário Baró é o protagonista da revista Dragões do mês de fevereiro. O médio/extremo do FC Porto fala da fácil integração no plantel principal, garantindo que, se for preciso, morrerá pela equipa.

"Tenho-me sentido bem. Os meus colegas têm sido fantásticos e têm-me ajudado a integrar na equipa da melhor maneira possível. Somos uma verdadeira família. Desde o primeiro dia que todos os jogadores me tratam como se fosse um membro desta família. Só tenho de lhes agradecer por isso", afirmou.

"Estou disposto a morrer por ela [pela família FC Porto], se for preciso. Sou mais um para ajudar e estou disponível para fazer o que for preciso pela equipa, seja dentro ou fora de campo", garantiu.