Sarr abre a porta à redenção de Diogo Leite

Sarr abre a porta à redenção de Diogo Leite
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Sérgio Conceição reprovou erros do francês com o Braga e pensa relançar o português depois do "castigo" pelos lapsos no dérbi

As portas da titularidade estão reabertas para Diogo Leite e a visita a Barcelos afigura-se como uma boa possibilidade para o internacional português se redimir dos erros cometidos com o Boavista e agarrar, pelo menos durante o tempo de paragem de Mbemba (lesionado), um lugar na equipa.

Sérgio Conceição não ficou agradado com a exibição de Sarr frente ao Braga - o francês cometeu um conjunto de erros que contribuíram para a derrota e o respetivo afastamento dos dragões da Taça de Portugal - pelo que pondera dar uma nova oportunidade ao central formado no clube, depois de o ter excluído das três convocatórias que se seguiram ao dérbi da Invicta (Juventus, Marítimo e Sporting).

Leite já deu provas de grande estabilidade esta temporada, nomeadamente entre os meses de dezembro e janeiro, em que aproveitou da melhor maneira a ausência prolongada de Pepe. Por isso, uma exibição segura com o Gil Vicente garantir-lhe-ia nova oportunidade em Turim, uma vez que Marcano não se encontra inscrito na Liga dos Campeões e a disponibilidade de Mbemba, segundo Sérgio Conceição, é muito difícil.

"[Mbemba] Está fora deste jogo [Gil Vicente]. E provavelmente para a Juventus também", referiu, na sexta-feira, o treinador.

Alinhando já este sábado, com o Gil, Diogo Leite igualará o máximo de encontros feitos numa época pela equipa principal do FC Porto (18), embora já tenha batido o tempo de jogo das duas temporadas anteriores. O central soma 1063", mais 34 do que em 2019/20 e 523 do que em 2018/19.

De resto, Conceição deve fazer regressar ao onze Zaidu, Sérgio Oliveira e Taremi, que começaram no banco a partida que ditou o afastamento da Taça de Portugal.