SAD do FC Porto apresenta resultado negativo no primeiro semestre

SAD do FC Porto apresenta resultado negativo no primeiro semestre
Redação

Tópicos

Prejuízo de quase dez milhões de euros, ligeiramente melhor que o obtido no período homólogo.

A SAD do FC Porto apresentou esta terça-feira um resultado negativo de 9,891 milhões de euros no primeiro semestre, de acordo com o documento enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

"O resultado líquido consolidado, atribuível aos detentores de capital próprio da empresa-mãe, apresentado pela Futebol Clube do Porto - Futebol, SAD, no primeiro semestre do exercício 2022/2023, foi negativo em 9.891m€, ligeiramente melhor que o obtido no período homólogo onde atingiu os 10.329m€ negativos", pode ler-se, sendo ainda referido que "os custos operacionais, excluindo custos com passes, aumentarem 17.475m€, onde se inclui a atribuição de prémios de acesso à UEFA Champions League 2022/2023 na qualidade de campeões nacionais, assim como de prémios pela performance desportiva da equipa na fase de grupos da prova europeia e pela conquista da Supertaça Cândido de Oliveira."

A SAD do FC Porto menciona ainda que "o passivo, que atinge os 481.370m€ em 31 de dezembro de 2022, registou uma redução significativa, de 48.747m€, essencialmente devido à diminuição do valor global dos empréstimos, em 41.800m€, o que representa um corte de 15%, face a junho de 2022, do passivo remunerado do Grupo."

De referir que a participação dos jogadores do FC Porto no Mundial rendeu aproximadamente 1,6 milhões de euros.

Confira o documento enviado pelo FC Porto à CMVM