SAD do FC Porto aumenta empréstimo obrigacionista para 35 milhões de euros

SAD do FC Porto aumenta empréstimo obrigacionista para 35 milhões de euros

A SAD do FC Porto vai abrir uma oferta até dia 6 de junho a uma taxa bruta de 4,25 por cento

A SAD do FC Porto aumentou para 35 milhões de euros o montante máximo da oferta pública de subscrição de obrigações (OPSO) que arrancou no passado dia 23 de maio, num limite, então, de 30 milhões de euros.

A taxa de juro de 4,25% mantém-se e o prazo para a compra de obrigações também: até 6 de junho. Todo o regulamento então anunciado também não sofre alterações. Cada interessado pode candidatar-se a um montante mínimo de 20 obrigações (100 euros) e os juros são pagos a três anos. Se a procura exceder a oferta, os candidatos serão rateados pela ordem de solicitação.