SAD com prejuízo de 35,7 milhões de euros

SAD com prejuízo de 35,7 milhões de euros

Dragões estão a prever apresentar capital próprio positivo já no final do primeiro trimestre de 2012/2013.

A SAD do FC Porto apresentou os resultados consolidados de 2011/12 com um prejuízo de 35,7 milhões de euros. Para este valor contribui o facto de, pela primeira vez desde 2005/06, a sociedade ter resultados relacionados com passes de jogadores negativos, devido ao aumento das amortizações e perdas de imparidade e à diminuição dos resultados com transacções de passes.

Ainda assim, a SAD portista continua dentro do valor recomendado pela UEFA (70%) para o rácio "salários vs. proveitos operacionais". O relatório, apresentado há minutos à CMVM, prevê apresentar capital próprio positivo já no final do primeiro trimestre de 2012/13. O passivo também aumentou em 21,3 milhões de euros, cifrando-se agora nos 223,3 milhões de euros. Os "Proveitos Operacionais", excluindo proveitos com transacções de passes de jogadores, diminuíram 17,6 milhões de euros, fundamentalmente por, "no exercício anterior ter sido incluído o valor da resolução sem justa causa do contrato de trabalho do treinador André Villas-Boas, no valor de 15 milhões de euros".