Romário Baró: a inspiração, os melhores que viu jogar e a referência no FC Porto

Romário Baró: a inspiração, os melhores que viu jogar e a referência no FC Porto
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Romário Baró, médio do FC Porto, respondeu a perguntas dos adeptos nas redes sociais dos dragões.

Apoio dos fãs: "Sinto uma alegria enorme, porque no final o que importa é a gratificação de ver as pessoas felizes através do nosso trabalho."

Recordações do local onde nasceu: "A que nunca esquecerei será de jogar descalço com os meus amigos na rua."

Estreia pela equipa A: "É um sentimento que não se consegue explicar em palavras, posso apenas dizer que foi mágico para mim."

Ídolo de infância: "O meu ídolo sempre foi Deus, porque é o único que consigo idolatrar."

Inspiração: "O que mais me inspira é a minha família."

Com que ex-jogador gostaria de jogar: "Sem dúvida o Zidane."

Três melhores que viu jogar no FC Porto: "Os que eu vi: Hulk, James e Lucho."

Jogador que mais admira fora do FC Porto: "Pogba."

Referência no plantel: "Jogador referência para mim é o Danilo. Além de um grande jogador e profissional, também é um grande homem com um caráter enorme."

Maior sonho: "Não gosto muito de falar de futuro, porque não gosto de antecipar as coisas."

Dragão de Ouro: "É um orgulho não só para mim, mas também para aqueles que estão por trás."

Vencer o primeiro clássico na Luz: "A sensação de um sonho realizado."

Primeiro jogo no Dragão: "O realizar de um sonho, poder viver o Dragão de dentro."

Entrar na formação e chegar à equipa A do FC Porto: "A sensação é de muito orgulho em mim e nas pessoas que contribuíram de uma forma decisiva para isso."

Momento mais vibrante: "O momento mais vibrante foi a 07/08/19, momento inesquecível, a estreia oficial."

Reação quando soube do primeiro treino na equipa A: "Uma alegria misturada com uma enorme ansiedade."