Roda do FC Porto longe dos protestos vindos da bancada

Roda do FC Porto longe dos protestos vindos da bancada

Apoio ao FC Porto não faltou durante o jogo, mas, no fim, foi igualmente visível a irritação dos adeptos.

Os cerca de 800 adeptos portistas que puxaram pela equipa durante todo o jogo com o Rangers terminaram bastante irritados com a derrota e a exibição da equipa, da qual se despediram com assobios e muitos protestos, abafados apenas pela música bem alta que festejava o triunfo dos donos da casa.

Aliás, a habitual roda dos jogadores portistas no final dos jogos foi desta vez efetuada na zona do meio-campo, bem longe, portanto, da bancada onde estavam os adeptos dos dragões. Mesmo na fase em que o grupo pretendeu agradecer o apoio, a verdade é que ninguém se aproximou. Ficaram a meio caminho, a bater palmas durante alguns segundos, enfrentando à distância a revolta visível dos adeptos que permaneciam na bancada.

Os do Rangers, esses, estiveram em festa desde o início, numa casa praticamente cheia, e ficaram em delírio depois de dois golos num curto espaço de tempo. Uma coreografia espetacular, com cartolinas, deu um colorido especial ao espetáculo nas bancadas, que só mesmo nos minutos finais do jogo começaram a ficar despidas. E, de resto, alguns escoceses assobiaram a saída antecipada de adeptos do Rangers. Abandonar antes de terminar o jogo, ainda por cima a ganhar, foi um ato não apreciado...