Relatórios falam em comportamentos racistas e CD vai abrir processo disciplinar

Relatórios falam em comportamentos racistas e CD vai abrir processo disciplinar
Redação

Tópicos

A partir desta ação do CD da FPF, o processo seguirá para a Comissão de Instrutores da Liga,

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol deverá dar início esta terça-feira a um processo disciplinar com a finalidade de apurar o que sucedeu no Vitória de Guimarães-FC Porto, ou seja, aos insultos racistas que levaram Marega a abandonar o jogo a meio da segunda parte, 10 minutos depois de ter feito o 2-1 para a equipa portista.

A partir desta ação do CD da FPF, o processo seguirá para a Comissão de Instrutores da Liga, juntamente com os relatórios de Liga e delegado. O relatório policial será igualmente alvo de análise.

Tal como O JOGO apurou, os relatórios do árbitro Luís Godinho e dos delegados da Liga referem a existência de comportamentos raciais. A confirmarem-se os insultos, o Vitória de Guimarães pode ser multado em 102 mil euros - pena máxima - e punido com três jogos à porta fechada.