Regime fiscal poderá ajudar Hulk a voltar ao FC Porto: saiba como

Regime fiscal poderá ajudar Hulk a voltar ao FC Porto: saiba como
Carlos Gouveia

Tópicos

Hulk pode beneficiar de poupança fiscal avultada, mas para isso o brasileiro terá de regressar antes de 31 de dezembro.

Tal como sucedeu com Pepe, também Hulk, em caso de regresso ao FC Porto, poderá beneficiar do regime fiscal aprovado ao abrigo do Orçamento de Estado de 2019.

Esta medida prevê que todos os ex-residentes que regressem a Portugal entre 2019 e 2020 e fiquem no país, durante três a cinco anos, estão "excluídos de tributação 50 por cento dos rendimentos".

Isto poderá ser fundamental para chegar a um acordo com o brasileiro que, como se sabe, ganha na China um ordenado que o FC Porto não pode igualar: 1,5 milhões de euros limpos por ano será o máximo que os dragões poderão pagar. Contudo, para que Hulk se enquadre nesta medida terá de voltar a residir em Portugal até 31 de dezembro deste ano, sendo que o benefício fiscal é aplicado aos rendimentos auferidos até 2023. É o que está acontecer com Pepe, que voltou ao país em janeiro de 2019.