Pinto da Costa: "Sentimos as armadilhas, se não existissem seríamos líderes destacadíssimos"

Pinto da Costa: "Sentimos as armadilhas, se não existissem seríamos líderes destacadíssimos"

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, no habitual rubrica que assina na revista Dragões, avisa os adeptos do clube: "As armadilhas vão continuar"

Pinto da Costa chega a março com uma ideia clara sobre o desempenho da equipa de futebol. "[...] Dificilmente a nossa equipa poderia estar melhor", começa por dizer na habitual rubrica "Página do presidente" que assina todos os meses na revista oficial do FC Porto.
"Todos sabemos e sentimos as armadilhas que nos foram colocando no caminho - se não existissem seríamos líderes destacadíssimos - mas a tudo a equipa foi sabendo responder e chega à fase crucial cheia de saúde", lê-se no que surge como referência às arbitragens de alguns dos jogos do FC Porto.
O presidente portista refere-se ainda aos adeptos do clube, com destaque para os jogos no Dragão, mas deixa um aviso no final do texto: "Faltam dez jornadas para o final do campeonato, ainda muita coisa vai acontecer [...]. Termino só com um apelo, que todos nós tenhamos noção de que as armadilhas vão continuar e que o comportamento dos adeptos em momento algum dê margem aos que nos querem prejudicar".