Pinto da Costa: "O FC Porto tem Bruno Lage de reserva? É para rir de tristeza"

Pinto da Costa: "O FC Porto tem Bruno Lage de reserva? É para rir de tristeza"
Carlos Gouveia

Tópicos

ENTREVISTA >> Pinto da Costa considera uma imbecilidade dizer que o FC Porto tem o ex-treinador do Benfica controlado. Conceição "riu-se" disso. Diz que já apontaram 26 jogadores aos dragões

Pinto da Costa só vai tratar da planificação da próxima época a partir de domingo porque o foco total está na final da Taça de Portugal. Ainda assim, o líder dos portistas lembrou que já foram apontados mais de 20 jogadores ao FC Porto nas últimas semanas e considerou ser uma imbecilidade a notícia que coloca Bruno Lage de reserva para o caso de Conceição sair, exigindo que se tenha mais respeito pelo antigo treinador dos encarnados.

Têm sido apontados vários nomes para o FC Porto, inclusive a possibilidade de jogadores como Hulk, Quaresma e Brahimi regressarem. Isso tem algum fundamento?

-Tem que perguntar a quem escreveu isso. Isso diverte-me muito. Podem pôr os que quiserem. Estão a fazer-me um resumo e ontem [anteontem], creio, já ia em 25 ou 26 jogadores postos no FC Porto. Como "A Bola" já nos vendeu meia equipa e temos 24, sobram 12. Com os tais 26 que dizem que vêm, temos 38 para o ano. É ridículo. Aliás, há coisas ridículas, outras absurdas e outras estúpidas. Por exemplo, um jornal disse que o FC Porto tem o Lage de reserva. É para rir, mas de tristeza. É preciso ser muito imbecil para admitir isso e colocar na primeira página. É, até, um desrespeito para o próprio Lage. Mas é o que é. Não foi por acaso que um grande empresário como o senhor Mário Ferreira disse que as ações da Cofina eram lixo. O Lage merece respeito e estar a pôr notícias dessas é uma falta de respeito.

Uma falta de respeito também para com Sérgio Conceição?

-O Sérgio ri-se com isso. Ele sabe o quer, o que queremos, para ele isso é indiferente, passa-lhe ao lado. É tão estúpido que durante o dia o próprio "Correio da Manhã" online não pegou no assunto. Foi algum indivíduo que estava no fecho da primeira página, às vezes à noite bebe-se mais um copo e saiu aquilo.

Voltando ao mercado, nenhum dos nomes que foram falados corresponde à verdade?

-Falados há muitos... mas não é por nós. Neste momento, não há nada tratado seja de saídas, seja de entradas. Ainda na terça-feira tive a oportunidade de falar ao jantar com Sérgio Conceição para planificar a época em termos de trabalho e não trocámos uma palavra sobre saídas e entradas. Porque há um acordo entre nós que até à Taça de Portugal o nosso foco é nestes jogadores e é com estes que queremos ganhar. Para a semana iremos debruçar-nos sobre todas essas questões porque a época também não vai demorar muito a começar.

A retoma coincidiu com uma aposta ainda mais significativa nos jovens da formação. É para manter na próxima temporada?

-Com outros ou com estes... O Sérgio Conceição tem dito, e muito bem, que não lança os miúdos por serem miúdos, como não lança os mais antigos por serem mais antigos. Tinha de pôr aqueles que lhe davam mais garantias de poder vencer os jogos para sermos campeões. Metendo mais ou menos jovens, o que é certo é que tudo o que estava planeado foi bem planeado e o resultado foi este. É preciso não esquecer que o FC Porto teve sete pontos de atraso, quando alguns pensava que ia ser esmagado e ficar a dez pontos depois do jogo com o Benfica - chegou a ser avisado por um palrador que era o xeque-mate - e chegámos ao fim com cinco de vantagem. Isso deveu-se muito, realmente, a toda a planificação, no cuidado com os jogadores, a quem não faltou rigorosamente nada.