Pinto da Costa explica saídas de Herrera e Brahimi a custo zero

Pinto da Costa explica saídas de Herrera e Brahimi a custo zero
Alcides Freire

Tópicos

Herrera e Brahimi deixaram o FC Porto a custo zero na última temporada.

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, explicou as saídas de Herrera e de Brahimi a custo zero. O líder dos dragões diz que o valor pedido pelo médio mexicano para a renovação era "impossível" de ser pago.

"Os dois candidatos têm a cassete do 'não deixam sair jogadores a custo zero'. Dois anos antes o Herrera era o patinho feio, era um jogador nada estimado, O Sérgio Conceição recuperou o Herrera. Nós tentámos renovar. O Herrera pediu 6,2 milhões de euros. Acha que o FC Porto pode ter jogadores a esse nível salarial? Impossível. Tentámos tudo para que baixasse. Tentámos negociá-lo com outros clubes, mas nesse ano ninguém estava interessado nele. Ele continuou a exigir os tais 6,2 milhões e nos tivemos de optar em usar ou dar os 6,2 milhões. O Brahimi foi parecido, mas não fizemos um proposta concreta. Sabíamos através dos empresários quanto ele queria. Era impossível", comentou Pinto da Costa em entrevista ao Porto Canal.