Pinto da Costa: "Não renovaremos com um jogador que custe mais de 6 M€"

Pinto da Costa: "Não renovaremos com um jogador que custe mais de 6 M€"
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Pinto da Costa, dirigente máximo dos azuis e brancos, sobre a época e a política de contratações do FC Porto

Saídas a custo zero: ""O futebol, como tudo, evoluiu, e muito. Há meia dúzia de anos, era impensável o Messi sair do Barcelona a custo zero, assim como um jogador do Paris Saint-Germain vá sair, como tudo leva a crer, a custo zero para o Real Madrid. É uma evolução. Isto só tem grande relevância, porque duas televisões especializadas no FC Porto estão preocupadas com jogadores que saem a custo. O que é um falso problema. Quando se contrata um jogador, o essencial é que o jogador, no tempo do seu contrato, dê rendimento. Depois, se pudermos ter lucros na sua saída, melhor. Agora, se um jogador acaba o contrato, como acontece, e pede 3 M€, que equivale a 6 M€, não renova, é evidente que o FC Porto não pode renovar com um jogador que peça 6 M€, como foi o caso do Herrera. Não pode. Primeiro, ia tirar palco e assunto às televisões; em segundo lugar, não podia pagar esses vencimentos. Caso contrário qualquer um que terminasse o contrato tinha de pagar 6 M€ e 20 jogadores tinha 120 M€. Isso é impossível. Caso contrário, pode acontecer como aconteceu ao Benfica que, para não o deixar sair a custo, renovou o contrato com o Samaris e, depois, não o quis e ainda teve de lhe pagar. Não percebeu que é preferível deixar sair um jogador do que fazer contratos que não se podem cumprir. Portanto, é uma mudança de filosofia. É evidente que estamos atentos aos jogadores que nos interessa. Inclusive, já há um jogador que renovou que não tornámos público, porque vamos fazê-lo quando entendermos em conjunto, porque outros estão para fazer também. O Eng. Luís Gonçalves e e o Vítor Baía estão permanentemente atentos a esses assuntos. Portanto, os sócios podem estar tranquilos. Agora, loucuras de pagar 6 ou 7 M€ para não dizer que saiu a custo zero, não. Prefiro que digam isso [mais um que saiu a custo zero], do que dizerem que o FC Porto não pôde pagar o salário."

Hipóteses de Corona e Mbemba renovarem: "Não vou especificar, mas para bom entendedor meia palavra basta. O FC Porto não renovará com nenhum jogador que custe mais de 6M por ano à SAD".