"Perdi um grande amigo"

Presidente do FC Porto lamenta a morte de Fernando Martins, antigo líder do Benfica.

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, lamentou a morte do antigo líder do Benfica Fernando Martins, lembrando a "amizade sincera" que os unia. "Em primeiro lugar, queria lamentar a perda de um grande amigo. Existia entre nós uma amizade sincera, iniciada nos tempos em que ambos éramos presidentes dos nossos clubes, mas que se manteve até hoje cada vez mais e sempre reforçada", disse Pinto da Costa.

Num comunicado publicado no sítio oficial dos "dragões", Pinto da Costa relembra que, em 1982, Fernando Martins foi "propositadamente" à sua posse como presidente do FC Porto e, em 1987, esteve em Viena, na final da Taça dos Campeões Europeus conquistada pelo clube portuense. "Até ao último dia 25 de janeiro fui sempre um privilegiado ao estar presente nas festas dos seus aniversários, em que ele fazia, como dizia, uma seleção dos amigos. Ter estado até ao último aniversário nessa seleção é uma honra e um privilégio que não esqueço. Era fundamentalmente, e para além de tudo o que se possa dizer, um homem bom e um homem de família. Recordo-o com muita saudade e queria enviar a toda a sua família um grande abraço de pesar e muita amizade", referiu Pinto da Costa.

Fernando Martins, que conduziu os destinos do Benfica entre 1981 e 1987, morreu no domingo aos 96 anos.