Pepe deu o exemplo no aperto: capitão do FC Porto com 110 ações em Vizela

Pepe deu o exemplo no aperto: capitão do FC Porto com 110 ações em Vizela

Muito interventivo, o defesa acumulou 110 ações em Vizela, bem acima da média da última época.

Já há muito que se percebeu que a veterania de Pepe não o impede de dar sinais de vitalidade, usando o papel de capitão para dar o exemplo. Na partida em Vizela, onde o FC Porto esteve 89 minutos em busca de um golo, o defesa central destacou-se pelas 110 ações na partida.

Se o número até pode ser relativizado pelo hábito de os centrais participarem muito no início de construção, é certo que Pepe ficou bem acima da média da época passada, no campeonato (73). Por outro lado, também se viu o capitão a colocar uma bola na área que por pouco Toni Martínez não conseguiu desviar, bem como a recuperar bolas e a ganhar faltas perto da área do Vizela.

E por falar em recuperações, há outro dado no rescaldo da partida que merece relevância. Ganhar a bola no meio-campo do adversário, fruto da pressão alta, é uma das imagens de marca do FC Porto, mas na primeira parte só Pepê furou a dificuldade nesse capítulo, com cinco recuperações. Grujic, Uribe e Marcano, juntos, somaram as outras três. Já no segundo tempo, também em resultado de uma outra dinâmica, Otávio, um especialista nessa matéria lançado ao intervalo, ganhou cinco bolas no meio-campo do Vizela.