"Passam-se coisas nas competições internas às quais não podemos virar a cara"

"Passam-se coisas nas competições internas às quais não podemos virar a cara"
Redação

Tópicos

Declarações de Sérgio Conceição, após a vitória do FC Porto frente à Juventus, em jogo a contar para a primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Jogo: "Podia ter corrido melhor, que era não sofrer nenhum golo e ter feito mais um. E tivemos uma oportunidade clara pelo Sérgio Oliveira. Foi um jogo sólido e muito competente, percebendo, nos vários momentos do jogo, quem e quando pressionar. Somos muito fortes a não deixar sair o adversário. Percebemos importância de Rabiot e Danilo na construção e conseguimos anulá-las um pouco, e tiveram que deixar a construção para o Chiellini, para quem é mais difícil com os pés. Danilo meteu-se, depois, numa linha diferente e nós ajustámos. Estivemos bem quando tínhamos bola e a explorar o espaço. Só não foi um jogo perfeito porque sofremos um golo. Há sempre alguma coisa que não corre bem."

Exibição: "Estamos satisfeitos com esta metade da eliminatória. É preciso solidez e dedicação ao trabalho como hoje, e interpretar estratégia. Mas metade não serve de nada. Vivemos da qualificação para os quartos. O que conta é passagem aos quartos-de-final."

Equipa está estável?: "Instabilidade... Isso são as pessoas que estão doentes, com esta pandemia, e as pessoas sem trabalho. Isso é que é instabilidade, porque nós temos clube e somos bem pagos. Obviamente que se passam coisas nas competições internas às quais não podemos virar a cara e dizer que não afeta física e emocionalmente no momento em que somos injustiçados. Jogámos hoje contra uma grande equipa - a Juventus - e houve uma grande equipa de arbitragem."

Jogo da segunda mão: "A nossa Champions é segunda-feira, que queremos vencer o campeonato. E recebemos, a seguir, o Sporting. Próximas semanas são decisivas. Temos sempre palavra a dizer e não vamos dizer que está tudo bem. Não está. Percebemos que estamos a uma distância importante [do líder] e não temos margem de erro. A nossa Champions é segunda-feira, na Madeira."