O "tudo ou nada" da Juventus na Champions

O "tudo ou nada" da Juventus na Champions

A Gazzetta apresenta cinco razões para os italianos passarem

O jornal italiano "Gazzetta Dello Sport" dá esta terça-feira grande destaque ao confronto da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, entre a Juventus e o FC Porto.

"Tudo ou nada" é o título que o jornal dá à peça principal sobre o assunto, explicando depois quais as cinco principais razões para o atribuir.

1- O sonho de uma vida

"A Champions nos últimos anos tem sido para a Juve um sonho e uma obsessão", adianta o jornal, numa peça assinada por Lucas Bianchin e Fabiana Della Valle. "É o objetivo central da era de Andrea Agnelli" e, para tantos adeptos, "o desejo que pedem de olhos fechados no primeiro dia do ano".

2- O impacto do CR7

"Não é só uma questão de iniciais. Cristiano e Champions são duas palavras que andam de braço dado", como demonstram os 135 golos que apontou nesta prova.

3- O coração dos "senadores"

"Buffon, 43 anos, Chiellini, 36 e Bonucci, 33. Jogadores que em Itália já ganharam tudo, mas que perseguem há uma vida o santo graal europeu", comenta o jornal sobre três dos figurões da equipa.

4-A aposta em Pirlo

O novo treinador chegou com "a etiqueta de maestro da Champions" e não apenas porque a ganhou duas vezes com o Milan. "Porque não sonhar? Zidane, Mourinho, Sacchi e Guardiola também ganharam a Champions na primeira época como treinadores", escreve a Gazzetta.

5- O balanço financeiro

São 56 milhões de euros no horizonte, lembra o jornal, para u m clube que prevê um prejuízo de 200 milhões esta época por causa da pandemia.