"O FC Porto está bem servido para ter uma base da formação nos próximos anos"

"O FC Porto está bem servido para ter uma base da formação nos próximos anos"

A garantia de Sérgio Conceição antes do jogo com o Aves, agendado para as 21h15 desta terça-feira.

Sérgio Conceição vê o FC Porto com um futuro risonho no que toca à formação. Esta segunda-feira, na conferência de imprensa de antevisão ao duelo com o Aves, da 27.ª jornada, o treinador dos dragões falou sobre a integração recente de jogadores formados no clube na equipa principal e misturou o tema com outro que já havia abordado anteriormente: o das cinco substituições:

"Não fui buscá-los ao armário, estavam no banco porque treinam diariamente connosco e são jogadores que temos, fazem parte do plantel. Agora podemos alargar as opções no banco, algo que me deixa contente, porque é demonstrativo de mais opções para o treinador. Pode-se discutir o timing, como já disse, se calhar não era o melhor, mas o treinador tem mais opções, quando são tomadas as corretas, e, se calhar, mais razões para criticarem os treinadores [risos]. Também é novo, também é importante estudar isso, perceber o que mais dois jogadores podem dar à equipa ou não. Estou de acordo com as cinco substituições. Hoje em dia fazem-se mais jogos do que antigamente. São mais rápidos, mais intensos, estou de acordo com a nova regra. Introduzi-la a nove jornadas do fim é que não sei se será correto, mas não cabe a mim decidir. Há que usufruir dessa possibilidade", assinalou Sérgio Conceição, retomando o tema da formação, depois de ter lançado Fábio Vieira na segunda parte do duelo com o Marítimo:

"Temos um plantel que nos dá garantias. Seja um miúdo de 17 anos ou um de 37, dá outras opções. Quanto a esta fornada de jogadores da formação, pode chegar alguém e bater a cláusula... Mas havendo continuidade, com a qualidade que há, o FC Porto está bem servido para ter uma base da formação nos próximos anos", rematou Conceição.