Nove jogadores, 15 passes e 40 segundos: o golo do FC Porto que correu o Mundo

Nove jogadores, 15 passes e 40 segundos: o golo do FC Porto que correu o Mundo

Desenho do 5-1 foi uma obra prima coletiva

O lance do quinto golo do FC Porto com o Moreirense correu o Mundo através da Internet. Uma jogada de futebol coletivo, como algumas já vistas esta época entre os dragões, mas pincelada com um toque de calcanhar de Luis Díaz que lhe conferiu uma beleza ainda maior.

Foram 40 segundos de passes seguidos entre nove jogadores do FC Porto, sem que qualquer elemento dos Cónegos tocasse na bola até ela terminar nas redes de Pasinato. Tudo começou numa recuperação de Luis Díaz ainda no seu meio-campo (mau passe de um adversário), passou por Uribe, Otávio, Manafá, Mbemba, Diogo Leite, Vítor Ferreira, Loum e Soares, que só teve de empurrar depois de os companheiros deixarem a defesa do Moreirense sem reação e o guarda-redes fora da baliza.

No fundo, só Mbaye e Alex Telles não participaram na obra prima, sendo que Otávio foi o que mais vezes passou a bola: quatro. Ao todo, foram 15 passes até Soares bater Pasinato e abrilhantar ainda mais a goleada ao Moreirense, na noite em que o FC Porto recebeu o troféu de campeão nacional. Uma obra de arte coletiva dos dragões, com toque de génio que mereceu o aplauso generalizado.