"Ninguém era uma besta e agora é bestial, há que ter alguma serenidade"

"Ninguém era uma besta e agora é bestial, há que ter alguma serenidade"

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, após o triunfo no dérbi frente ao Boavista, por 4-0, no Estádio do Dragão.

Campeonato duro até ao fim: "A minha postura e forma de estar é sempre a mesma. Com público, sem público, com mais pressão ou menos. Gosto de viver intensamente todos os momentos. É verdade que é estranho, é tudo novo, ninguém era uma besta e agora é bestial, há que ter alguma serenidade. Vai ser um campeonato duro até ao fim, faltam ainda seis jogos. Estamos na luta e com muito vontade de atingir os nossos objetivos".

Como fica o FC Porto na liderança isolada? "Temos de contar com o que somos nós como equipa, perceber o que o adversário poderá fazer, também porque tem sido habitual mudar a estrutura, a forma de jogar, contra o FC Porto. Temos de trabalhar o que controlamos, que é a nossa equipa. O estado de espírito neste momento é muito importante. À medida que o campeonato se aproxima do final existe essa tal pressão. Vai ser uma luta até ao fim".